domingo, 25 de novembro de 2007

Oceania - dados gerais


Constituída de quatro grandes áreas culturais - a Australásia (“sul da Ásia”), que compreende a Austrália e ilhas próximas como a Nova Zelândia e a Tasmânia; a Polinésia (“muitas ilhas”); a Melanésia (“ilhas habitadas por negros”) e a Micronésia (“pequenas ilhas”) -, a Oceania é um continente que compreende agrupamentos insulares situados no oceano Pacífico, entre a Ásia, a oeste, e a América, a leste.


Geografia política


Aspectos naturais


A maioria das ilhas se localiza na região centro-oeste do Pacífico. Há poucas na zona oriental. As maiores são Austrália, Papua-Nova Guiné e Nova Zelândia. A maior parte das mais de dez mil ilhas são simples pontos no mapa (atóis de origem coralina) e sua área total é de apenas 109.000km2. Entre a cidade de San Francisco, na Califórnia (Estados Unidos), e o Havaí existem 3.220km de mar, e entre Lima (Peru) e as ilhas Marquesas há 6.440km.


Predomina na Oceania um tipo de clima tropical quente e úmido, moderado pela influência marítima. As chuvas nesse continente são as mais copiosas do mundo. O índice pluviométrico anual ultrapassa 2.000mm. O maior atol do planeta está na Oceania. É o Kwajalein, nas Ilhas Marshall, que consiste em noventa ilhotas em torno de uma laguna de 1.683km2. Vulcânicas ou de coral, a maioria das ilhas situa-se na região periférica da placa tectônica do Pacífico ou próximo a ela. Essa placa se move na direção nordeste, causando terremotos e tremores de terra. Os vulcões Mauna Loa e Kilauea, no Havaí, produzem mais lava que quaisquer outros do mundo.


Aspectos demográficos


Na vasta área da Oceania há apenas 25 milhões de pessoas, ou 0,5% da população mundial. Cerca de 16 milhões vivem na Australásia e são de origem européia. O restante é composto pela população autóctone -- australóides, melanésios, papuas e polinésios -- e por asiáticos (japoneses, chineses e indianos).


Aspectos econômicos


Os únicos países desenvolvidos são a Austrália e a Nova Zelândia. Fatores como o isolamento e comunicações precárias dificultam o desenvolvimento econômico da região, que vive, basicamente, da agricultura (cana-de-açúcar, café, cacau, especiarias) e da pesca. Os produtos derivados do coco, como a copra, são exportados. Há indústrias de conserva de pescado em ilhas como o Havaí. A exploração da madeira é também uma atividade importante. A única grande indústria de mineração localiza-se no arquipélago da Nova Caledônia, segundo produtor mundial de níquel. A partir da década de 1970, verificou-se o desenvolvimento do turismo, principalmente no Havaí, nas ilhas de Guam, Fidji e na Polinésia Francesa.


O descobrimento das ilhas, iniciado por portugueses e espanhóis, verificou-se a partir do século 16. No final do século 18, o comércio das potências marítimas com os indígenas deu lugar à colonização. No século 20, muitas ilhas tornaram-se países independentes, como a Austrália e a Nova Zelândia, que eram possessões britânicas. O Havaí tornou-se um dos estados dos Estados Unidos.

7 comentários:

AKaulitz disse...

Me ajudou muitoooooo com um trabalho, acabei tirando 10, muuiiitoooo bomm.

alisson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dani disse...

gostei d+!! completinha!! valeu pra quem fez esse relatório

carlospezoa disse...

Com certeza vou tirar um 10 tbm!!!!
Brigadinha

anathaisgatinha disse...

me ajudou muito estava para fica de recuperaça acbei ficando com 9,5

Broken Heart disse...

nossa q legal é emocinante!!!!! acho q vou gabaritar o trabalhooo!!A-R-R-A-S-O-U uh uh uh

Dudaa Cruz disse...

nossa véi me ajudou muito muito mesmo u tirei 10 nessa unidade graças a esse site'! uhuu'!